3 2 – OBJETIVO: Levar aos colegas contabilistas informações sobre a formulação prática da Demonstração de Fluxo de Caixa (DFC), e da Demonstração de Valor Adicionado (DVA). Este método, com relação ao DFC, parte do Razão das contas Caixa a das Equivalentes ao Caixa (Bancos C/movimento e Aplicações de Curto Prazo – até 90 dias), além das contas que sejam só contábeis (não financeiras), tais como: Amortização, Depreciação, Exaustão, Receitas e Despesas com Equivalência Patrimonial, de forma a permitir o ajuste do Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE), e a classificação das Atividades (Operacionais, Investimentos ou Financiamentos). Já na confecção do DVA utilizamos como base o DRE, ajustando o CVM, a Despesas com ICMS, Despesas com Energia Elétrica, Despesas com Água e Despesa com telefone. 3 – DEMONSTRATIVO DE FLUXO DE CAIXA – DFC: 3.1 – LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA: A Lei Federal nº 11.638/2007, que entrou em vigor a partir de 01/01/2008, introduziu o DFC, cujo objetivo é prestar informações sobre as alterações efetuadas nas contas Caixa, Bancos e seus equivalentes, num determinado período, classificando em três fluxos: Operacional, Investimentos e Financiamentos. O Comitê de Pronunciamentos Contábeis - CPC, emitiu o Pronunciamento Técnico CPC 03, em correlação às Normas Internacionais de Contabilidade – IAS 7 (IASB –BV2010). 3.2 – MÉTODO PRÁTICO: Para se confeccionar o DFC devemos partir do Razão das contas essencialmente financeiras, tais como: Caixa, Bancos C/Movimento, e da conta Aplicação de Curtíssimo Prazo, e das contas que são só contábeis, tais como: Depreciação, Amortização, Exaustão, Receita com Equivalência Patrimonial Positiva e Despesa com Equivalência Patrimonial Negativa. As contas exclusivamente financeiras, de acordo com o seu histórico, deverão ser classificadas em três atividades: Operacional, Investimento e Financiamento. O Demonstrativo de Fluxo de Caixa – DFC é feito pelo REGIME DE CAIXA. Será necessária uma mudança de procedimentos, uma vez que o contabilista está habituado a raciocinar pelo REGIME DE COMPETÊNCIA, razão pela qual, somente os lançamentos contábeis que transitaram pelas contas Caixa, Bancos C/Movimento e Aplicações Financeiras de Curto Prazo é que serão levadas em consideração na hora da confecção do DFC. 4 3.2.1 – DEFINIÇÃO DE ATIVIDADE OPERACIONAL: São as principais atividades geradoras de receita e demais operações envolvendo o Caixa ou Equivalentes, no seu dia-a-dia. Classificam-se nesta atividade, todas as movimentações rotineiras, inerentes as atividades fins da entidade, tais como:  Recebimento de Receitas (Vendas e Prest. Sv);  Pagamento a Fornecedores;  Pagamento de Despesas (Salários, Aluguel, Telefone);  Pagamento de Tributos;  Juros Pagos ou Recebidos;  Recebimento de Royalties, honorários ou comissões;  Devolução, e  Recebimento de Debêntures ou Juros sobre o Capital Próprio (entidades bancárias). Envolvem lançamentos contábeis, de entrada e saída de caixa ou equivalente, tendo como contrapartida, contas de resultado e pagamento de passivo operacional. 3.2.2 – DEFINIÇÃO DE ATIVIDADE DE INVESTIMENTO: Classificam-se nesta atividade, todas as movimentações que envolvam contas do Investimento, do Imobilizado e do Intangível, tais como:  Aquisição de Investimento, Imobilizado ou de Intangível;  Venda de Investimento, Imobilizado ou de Intangível;  Empréstimos a Controladas ou Coligadas;  Pagamento das despesas com Imobilizado próprio;  Pagamentos ou recebimentos em participações societárias, ou em joint ventures;  Adiantamento feito ou recebido de Controlada ou Coligada;  Recebimento de Empréstimos de Controladas e Coligadas, e  Recebimento de Debêntures ou Juros sobre o Capital Próprio (entidades não bancárias). Podemos dizer que são em geral, a contrapartida dos lançamentos que transitaram pelo Caixa ou Equivalentes, envolvendo contas do Ativo Não Circulante. Todas as entradas ou saídas de dinheiro destinadas a contas que visão, de certa forma, gerar recursos no longo prazo. 3.2.3 – DEFINIÇÃO DE ATIVIDADE DE FINANCIAMENTO: Os lançamentos contábeis de entrada ou saída de disponibilidades, cujas contrapartidas sejam contas que envolvam o PL ou a conta Empréstimos Bancários ou Empréstimos a pagar. Resultam em mudança no tamanho e na composição do capital próprio e no capital de terceiros da entidade, tais como:  Recebimento pela emissão (venda) de ações ou outros instrumentos;  Pagamento a investidores pelo resgate de ações da entidade;  Caixa recebido pela emissão de debêntures, ou pelo seu pagamento; 5  Caixa recebido por empréstimos junto a instituições financeiras, ou pelo seu pagamento;  Caixa recebido ou pago a Notas promissórias, hipotecas, ou outros empréstimos bancários;  Amortização do pagamento do principal de empréstimos bancários, e  Recebimento de Doações. Representam o recebimento ou a remuneração do capital próprio (sempre em dinheiro), ou o recebimento ou o pagamento de Empréstimos junto a entidades bancárias, assim como também, o recebimento de doações 3.3 – AJUSTE DO DRE: O Demonstrativo do Resultado do Exercício – DRE, feito pela empresa não servirá como base para a confecção do DFC, uma vez que o DRE é feito pelo REGIME de COMPETÊNCIA, e o DFC é feito pelo REGIME DE CAIXA. Com a finalidade de tornar o DRE modificado para o REGIME DE CAIXA é necessário que se faça um AJUSTE do DRE, onde, somente as receitas e Despesas que transitaram pelas contas Caixa ou Equivalentes é que serão colocadas como Receitas e Despesas. Assim, só as Receitas recebidas, independente de seus exercícios financeiros, é que serão ajustadas para o DRE, o mesmo vale para as Despesas. Assim, se uma venda foi feita no exercício social passado, mas, seu recebimento ocorreu neste exercício social, ela será considerada como uma Receita. O valor que é classificado como ICMS a Recuperar, pago ao se adquirir a mercadoria a vista ou através de um cheque, é classificado no DFC como Despesa com ICMS, uma vez, que pelo Regime de CAIXA, já é Despesa. Salários, Aluguéis e Telefones, serão computados como despesa, se tiverem sido pagos, independente de seus exercícios sociais, o mesmo vale para todos os tributos. Será considerado como CMV, os valores pagos aos fornecedores, a título de recebimento de mercadorias, mesmo que elas não tenham sido recebidas neste exercício social. 3.4 – DFC PELOS MÉTODOS DIRETO OU INDIRETO: A apresentação do DFC pode ser pelos Métodos DIRETO ou INDIRETO, sendo recomendado o Método Direto, por trazer uma maior gama de informações, sendo, portanto, excelente para fins gerenciais, entretanto, exatamente por ser mais revelador e por ser mais trabalhoso, a maioria das empresas preferem o Método INDIRETO. 3.4.1 – MÉTODO DIRETO: Após a classificação dos lançamentos contábeis do Razão nas três atividades (Operacional, Investimentos e Financiamentos), o ajuste do DRE para o REGIME DE 6 CAIXA, o próximo passo é a elaboração do DFC. Pelo Método DIRETO, a atividade Operacional vai relatar todas as operações ocorridas, tais como as Receitas Recebidas, Pagamentos a Fornecedores, Pagamento de salários, Pagamento de Despesas Gerais e Administrativas, dentre outras. As Atividades de Investimento e de financiamento também receberão as informações que foram classificadas a partir do Razão. Com o saldo de cada atividade é possível se verificar a variação total do Fluxo de Caixa, bem como sua análise. A legislação prevê que pelo Método DIRETO se faça uma conciliação com o Lucro Líquido Operacional (LLO), que, no Método Indireto, é a Atividade Operacional. Esta conciliação é feita representando-se o resultado do LLO, descontados das Receitas e despesas que são só contábeis (depreciação, amortização...etc.). 3.4.2 - MÉTODO INDIRETO: No Método INDIRETO, a única diferença é na Atividade operacional, que é feita a partir de uma conciliação entre o Lucro Líquido Operacional, razão pela qual, não se faz necessária nova conciliação ao final. 7 3.5 – EXERCÍCIO DE CLASSIFICAÇÃO DE ATIVIDADES: De acordo com o histórico, classifique as atividades em Operacional, Investimentos ou Financiamentos: HISTÓRICO ATIVIDADE Pela Aquisição de Mercadorias at. ch Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria Pela Aquisição de Mercadorias a vista Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch. Pelo Pagamento de Salários at. ch Por ter contraído Empréstimo Bancário Pela Aquisição de Mercadorias at. ch Pela Venda de Mercadorias at. ch Pela Devolução de Mercadorias Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar Pela Aquisição de Móveis e Utensílios Pelo Pagamento de Salários at. ch Pela Aquisição de Ações de Outras Cias at. ch Pelo Recebimento de Doação em dinheiro Pelo Pagamento de Salários at. ch Pelo Pagamento de Aluguel at. ch Pelo Recolhimento do PIS at. ch. Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. Pelo Pgto dos Custos dos Serviços Prestados at. ch Pela Aquisição de Veículo at. ch. Pelo Recebimento de Venda de Exercício Seguinte Pelo Pagamento dos Custos de Exercício Seguinte Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco Pelo Pgto de Duplicatas não honrada Pelo Pgto de Juros Passivo de Duplicatas Pelo Recebimento Duplicatas não Honradas Pelo Recebimento Juros Ativos de Duplicatas Pelo Pgto a Fornecedores at. ch. Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. ch. Pela Aquisição de Ponto Comercial at. ch. Pela Transferência de Recursos da C/C para Caixa 8 EXERCÍCIO DE DFC 01 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) :CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) Data Histórico D C CONTA CAIXA – Saldo Inicial: 0,00 06/01 Pela Integralização do Capital Social 200.000 10/01 Pela Transferência de recursos do Caixa para a C/C 200.000 CONTA CAIXA - Saldo Final: 0,00 CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 10/01 Pela Transferência de recursos do Caixa para a C/C 200.000 11/01 Pela Aquisição de Mercadorias at. ch 9.300 11/01 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 700 15/01 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch. 129.750 05/02 Pelo Pagamento de Salários at. ch 3.000 10/02 Por ter contraído Empréstimo Bancário 200.000 21/02 Pela Aquisição de Mercadorias at. ch 8.800 21/02 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 1.200 23/02 Pela Venda de Mercadorias at. ch 450.000 24/02 Pela Devolução de Mercadorias 30.000 28/02 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 22.562 28/02 Pela Aquisição de Móveis e Utensílios 10.000 05/03 Pela Aquisição de Ações de Outras Cias at. ch 10.000 08/03 Pelo Recebimento de Doação em dinheiro 25.000 10/03 Pelo Pagamento de Aluguel at. ch 500 31/03 Pelo Pgto dos Custos dos Serviços Prestados at. ch 10.000 31/03 Pela Aquisição de Veículo at. ch. 10.000 05/04 Pelo Recebimento de Adiantamento de Clientes 80.000 05/04 Pelo Adiantamento a Fornecedores 10.000 05/04 Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco 95.000 05/04 Pelo Pgto de Juros Passivo 10.000 15/04 Pelo Pgto a Fornecedores at. ch. 10.000 20/04 Pelo Recolhimento do PIS at. ch. 2.438 30/04 Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. 11.250 05/05 Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. ch. 20.000 Saldo Final: 1.000.000 RAZÃO DAS CONTAS CONTÁBEIS E NÃO FINACEIRAS DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO, EXAUSTÃO, REC/DESP. EQUIV. PATRIMONIAL Conta Receita com Equivalência Patrim. Positiva – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 30/04 Pelo Reconhecimento de Receita com Equiv. pelo MEP 15.000 Conta Receita com Equivalência Patrim. Positiva – Saldo Final: 15.000 Conta Depreciação– Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 30/04 Pelo Reconhecimento de Depreciação 2.000 Conta Depreciação – Saldo Final: 2.000 9 PASSO 1: CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 1 CONTA CAIXA – Saldo Inicial: 0,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 06/01 10/01 CONTA CAIXA Saldo Final: 0,00 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 0,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 11/01 11/01 15/01 05/02 10/02 21/02 21/02 23/02 24/02 28/02 28/02 05/03 08/03 10/03 31/03 31/03 05/04 05/04 05/04 05/04 15/04 20/04 30/04 05/05 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 1.000.000 CONTAS SÓ CONTÁBEIS (NÃO FINANCEIRAS) Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 30/04 Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Final: 15.000 Conta Depreciação – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 30/04 Conta Depreciação – Saldo Final: 2.000 10 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 1 Receita Operacional Bruta: Vendas ............................................................................................................................................... Prest. Sv........................................................................................................................................... ......... (-) Deduções: Devolução ..................................................................................................................................... ICMS ................................................................................................................................................... PIS.......................................................................................................................................................... COFINS ........................................................................................................................................... ........( ) (=) Receita Operacional Líquida................................................................ CMV......................................................................................................................................................... CSP ........................................................................................................................................................ .........( ) (=) Lucro Bruto........................................................................................... (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... Aluguel......................................................................................................................................... Depreciação ......................................................................................................................... Despesas Financeiras: Juros Passivos.................................................................................................................. (-) Receitas Financeiras: Receita Equiv. Patrimonial .................................................................................( )......... (=) Lucro Operacional Líquido.................................................................... 11 DFC – Método Direto – Exercício 1 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas- devolução) Recebimento de Prestação de Serviços Pagamento a Fornecedores (CMV) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) Pagamento de Salários Pagamento de ICMS, PIS, COFINS Juros recebidos/pagos Gerais e Administrativas Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Integralização do Capital à vista Empréstimos Recebidos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício zero Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 12 DFC – Método Indireto – Exercício 1 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Integralização do Capital à vista Empréstimos Recebidos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício zero Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos * IR pago 13 EXERCÍCIO DE DFC 02 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Inicial: 1.000.000,00 Data Histórico D C 10/01 Pela Aquisição de Mercadorias at. ch 8.100 11/01 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 1.900 11/01 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch. 150.000 15/01 Pelo pagamento do Custos dos Serviços Prestados 10.000 05/02 Por ter contraído Empréstimo Bancário 200.000 10/02 Pela Aquisição de Mercadorias at. ch 16.200 21/02 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 3.800 21/02 Pela Venda de Mercadorias at. ch 250.000 23/02 Pela Devolução de Mercadorias 10.000 24/02 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 48.100 28/02 Pela Aquisição de Móveis e Utensílios 20.000 28/02 Pela Aquisição de Ações de Outras Cias at. ch 10.000 05/03 Pelo Recebimento de Doação em dinheiro 30.000 08/03 Pelo Pagamento de Salários at. ch 2.000 10/03 Pelo Pagamento de Aluguel at. ch 1.000 31/03 Pelo Recolhimento do PIS at. ch. 3.575 31/03 Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. 16.500 05/04 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch 120.000 05/04 Pela Venda de Mercadorias at. ch 260.000 05/04 Pelo Pgto ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 38.100 05/04 Pelo Recebimento de Dividendos 25.000 15/04 Pelo Recolhimento do PIS at. ch. 3.575 20/04 Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. 16.500 30/04 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch 77.850 05/05 Pela Venda de Mercadorias at. ch 160.000 05/05 Pelo Pgto ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 17.800 05/05 Pelo Recebimento de Venda de Exercício Seguinte 80.000 09/05 Pelo Pagamento dos Custos de Exercício Seguinte 10.000 10/05 Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco 195.000 31/05 Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. ch. 20.000 31/05 Pela Aquisição de Ponto Comercial at. ch. 20.000 Saldo Final: 2.270.700,00 RAZÃO DAS CONTAS CONTÁBEIS E NÃO FINACEIRAS DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO, EXAUSTÃO, REC/DESP. EQUIV. PATRIMONIAL Conta Despesa com Equivalência Patrim. Negativa – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 31/05 Pelo Reconhecimento de Despesa com Equivalência pelo MEP 20.000 Conta Despesa com Equivalência Patrim. Negativa – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 31/05 Pelo Reconhecimento de Amortização 4.000 Conta Amortização – Saldo Final: 4.000 14 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 2 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 1.000.000,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 11/01 11/01 15/01 05/02 10/02 21/02 21/02 23/02 24/02 28/02 28/02 05/03 08/03 10/03 31/03 31/03 05/04 05/04 05/04 05/04 15/04 20/04 30/04 05/05 05/05 05/05 09/05 10/05 31/05 31/05 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 2.270.700,00 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 31/05 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial Negativo – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial:0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 31/05 Conta Amortização – Saldo Final: 4.000 15 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 2 Receita Operacional Bruta: Vendas ........................................................................................................................................... Prest. Sv....................................................................................................................................... ......... (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................. ICMS............................................................... .................................................................................. PIS .................................................................................................................................................... COFINS ........................................................................................................................................ ........( ) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. CMV .................................................................................................................................................... CSP ...................................................................................................................................................... .........( ) (=) Lucro Bruto........................................................................................... (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ...................................................................................................................................... Aluguel.......................................................................................................................................... Amortização ........................................................................................................................... Despesas Financeiras: Despesa Equiv. Patrimonial Negativa.................................................... ........( ) (=) Lucro Operacional Líquido.................................................................... 16 DFC – Método Direto – Exercício 2 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) Recebimento de Prestação de Serviços Pagamento a Fornecedores (CMV) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) Pagamento de Salários Pagamento de ICMS, PIS, COFINS Gerais e Administrativas Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Recebimento de Dividendos Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 1.000.000,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/ Amortização (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 17 DFC – Método Indireto – Exercício 2 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Amortização/Depreciação Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Recebimento de Dividendos Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 1.000.000,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos * IR pago 18 EXERCÍCIO DE DFC 03 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Inicial: 2.270.700,00 Data Histórico D C 10/01 Pela Aquisição de Mercadorias at. ch 16.200 11/01 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 3.800 11/01 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch. 50.000 15/01 Pelo Pagamento dos Custos dos Serviços Prestados 5.000 05/02 Por ter Contraído Empréstimo Bancário 300.000 10/02 Pela Venda de um Imóvel a vista 50.000 21/02 Pela Venda de Ações de Outras Cias. 30.000 21/02 Pela Venda de Mercadorias at. ch 300.000 23/02 Pela Devolução de Mercadorias 30.000 24/02 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 48.100 28/02 Pela Compra de Móveis e Utensílios 40.000 28/02 Pela Compra de Ações de Outras Cias at. ch 20.000 05/03 Pelo Recebimento de Doação em dinheiro 40.000 08/03 Pelo Pagamento de Salários at. ch 4.000 10/03 Pelo Pagamento de Aluguel at. ch 2.000 31/03 Pelo Recolhimento do PIS at. ch. 3.575 31/03 Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. 16.500 05/04 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch 140.000 05/04 Pela Venda de Mercadorias at. ch 310.000 05/04 Pelo Pgto ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 38.100 05/04 Pelo Recebimento de Dividendos 25.000 15/04 Pelo Pagamento de Dividendos 20.000 20/04 Pela Compra de Marcas e Patentes 16.000 30/04 Pelo pagamento de IR e CSLL 60.000 05/05 Pela Venda de Mercadorias at. ch 180.000 05/05 Pelo Pgto de Empréstimos Bancários 200.000 05/05 Pelo Pagamento de Juros sobre Empréstimos Bancários 15.000 09/05 Pelo Recebimento de Adiantamento de Clientes 40.000 10/05 Pelo Adiantamento a Fornecedores 20.000 31/05 Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco 195.000 31/05 Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. ch. 30.000 Saldo Final: 3.342.425,00 RAZÃO DAS CONTAS CONTÁBEIS E NÃO FINACEIRAS DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO, EXAUSTÃO, REC/DESP. EQUIV. PATRIMONIAL Conta Despesa com Equivalência Patrim. Negativa – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Despesa com Equivalência pelo MEP 20.000 Conta Despesa com Equivalência Patrim. Negativa – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Amortização 3.000 Conta Amortização – Saldo Final: 3.000 19 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 3 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 2.270.700,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 11/01 11/01 15/01 05/02 10/02 21/02 21/02 23/02 24/02 28/02 28/02 05/03 08/03 10/03 31/03 31/03 05/04 05/04 05/04 05/04 15/04 20/04 30/04 05/05 05/05 05/05 09/05 10/05 31/05 31/05 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 3.342.425,00 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial Negativa – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial :0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Amortização – Saldo Final : 3.000 20 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 3 Receita Operacional Bruta: Vendas .......................................................................................................................................... Prest. Sv....................................................................................................................................... ......... (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................... ICMS.................................................................................................................................................... PIS ...................................................................................................................................................... COFINS ........................................................................................................................................... ........( ) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. CMV .................................................................................................................................................... CSP ..................................................................................................................................................... .........( ) (=) Lucro Bruto........................................................................................... (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... Aluguel......................................................................................................................................... Amortização ......................................................................................................................... Despesas Financeiras: Despesa Equiv. Patrimonial Negativa.................................................... Juros Passivos................................................................................................................. ........( ) (=) Lucro Operacional Líquido................................................................ (-) IR e CSLL.............................................................................................( ) (=) LADIR.................................................................................................. 21 DFC – Método Direto – Exercício 3 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) Recebimento de Prestação de Serviços Pagamento a Fornecedores (CMV) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) Pagamento de Salários Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL Juros de empréstimos recebidos/pagos Gerais e Administrativas Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Venda de Imobilizado Venda de Investimento Recebimento de Dividendos Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Empréstimos Pagos Pagamento de Dividendos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 2.270.700,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 22 DFC – Método Indireto – Exercício 3 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Compra de Intangível Venda de Imobilizado Venda de Investimento Recebimento de Dividendos Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Empréstimos Pagos Pagamento de Dividendos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 2.270.700,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos * IR e CSLL pagos 23 EXERCÍCIO DE DFC 04 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Inicial: 3.342.425,00 Data Histórico D C 10/01 Pela Aquisição de Mercadorias at. Ch 9.100 11/01 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 900 11/01 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. Ch. 60.000 15/01 Pelo Pagamento dos Custos dos Serviços Prestados at. Ch 4.000 05/02 Pelo pagamento de Empréstimo Bancário 250.000 10/02 Pela Venda de um Veículo at. Ch. 40.000 21/02 Pela Venda de um Terreno at. Ch. 40.000 21/02 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 350.000 23/02 Pela Devolução de Mercadorias at. Ch. 10.000 24/02 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 24.100 28/02 Pela Aquisição de Imóvel at. Ch. 40.000 28/02 Pela Aquisição de Obras de Arte at. Ch. 20.000 05/03 Pelo Recebimento de Doação em ch. 30.000 08/03 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 5.000 10/03 Pelo Pagamento de Aluguel passivo at. Ch. 3.000 31/03 Pelo Recolhimento do PIS at. Ch. 3.575 31/03 Pelo Recolhimento do COFINS at. Ch. 16.500 05/04 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. Ch 100.000 05/04 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 310.000 05/04 Pelo Pgto ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 24.100 05/04 Pelo Recebimento de Dividendos at. Ch 20.000 15/04 Pelo Pagamento de Dividendos at. Ch 25.000 20/04 Pela Venda de Ponto Comercial at. Ch 26.000 30/04 Pelo pagamento de IR e CSLL 38.000 05/05 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 180.000 05/05 Pelo Recebimento de Empréstimos Bancários 250.000 05/05 Pelo Pagamento de Juros sobre Empréstimos Bancários 20.000 09/05 Pelo Recebimento de Adiantamento de Clientes 45.000 10/05 Pelo Adiantamento a Fornecedores at. Ch 25.000 31/05 Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco 100.000 31/05 Pelo Recebimento de Aluguéis ativos at. Ch 10.000 Saldo Final: 4.385.150,00 RAZÃO DAS CONTAS CONTÁBEIS E NÃO FINACEIRAS DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO, EXAUSTÃO, REC/DESP. EQUIV. PATRIMONIAL Conta Receita com Equivalência Patrim. Positiva – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Receita com Equivalência pelo MEP 30.000 Conta Receita com Equivalência Patrim. Positiva – Saldo Final: 30.000 Conta Exaustão Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Exaustão 5.000 Conta Exaustão – Saldo Final: 5.000 24 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 4 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 3.342.425,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 11/01 11/01 15/01 05/02 10/02 21/02 21/02 23/02 24/02 28/02 28/02 05/03 08/03 10/03 31/03 31/03 05/04 05/04 05/04 05/04 15/04 20/04 30/04 05/05 05/05 05/05 09/05 10/05 31/05 31/05 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 4.385.150 Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Final: 30.000 Conta Exaustão – Saldo Inicial :0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Exaustão – Saldo Final : 5.000 25 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 4 Receita Operacional Bruta: Vendas ................................................................. ......................................................................... Prest. Sv........................................................................................................................................ ......... (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................. ICMS................................................................................................................................................... PIS ...................................................................................................................................................... COFINS ......................................................................................................................................... .....( ) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. CMV .................................................................................................................................................... CSP ...................................................................................................................................................... . ......( ) (=) Lucro Bruto......................................................................................... (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... Aluguel Passivo................................................................................................................ Exaustão................................................................................................................................... Despesas Financeiras: Juros Passivos................................................................................................................ Receitas Financeiras: Rec. Equiv. Patrimonial Positiva............................................................... ( ) ........( ) (=) Lucro Operacional Líquido.............................................................. (-) IR e CSLL............................................................................................ ( ) (=) LADIR................................................................................................. 26 DFC – Método Direto – Exercício 4 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) Recebimento de Prestação de Serviços Pagamento a Fornecedores (CMV) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) Pagamento de Salários Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL Juros de empréstimos recebidos/pagos Gerais e Administrativas Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Venda de Imobilizado Venda de Investimento Venda de Intangível Recebimento de Dividendos Recebimento de Aluguéis Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Empréstimos Pagos Pagamento de Dividendos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 3.342.425,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/ Amortização/Exaustão (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 27 DFC – Método Indireto – Exercício 4 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Amortização/Depreciação/Exaustão Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado Compra de Investimentos Venda de Imobilizado Venda de Investimento Venda de Intangível Recebimento de Dividendos Recebimento de Aluguéis Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos Empréstimos Pagos Pagamento de Dividendos Recebimento de Doação em Dinheiro Adiantamentos Recebidos de Clientes Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 3.342.425,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos * IR e CSLL pagos 28 EXERCÍCIO DE DFC 05 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Inicial: 4.385.150 Data Histórico D C 10/01 Pelo Pagamento de Dividendos aos Sócios at. Ch 50.000 10/01 Pelo Pagamento de IR e CSLL at. Ch 154.629 11/01 Pela Aquisição de Mercadorias at. Ch 18.600 11/01 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 1.400 15/01 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. Ch. 189.750 05/02 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 3.000 05/02 Pelo Pagamento de Aluguel at. Ch 500 10/02 Por ter contraído Empréstimo Bancário 400.000 21/02 Pela Aquisição de Mercadorias at. Ch 19.600 21/02 Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria 2.400 23/02 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 300.000 24/02 Pela Aplicação em CDB 250.000 28/02 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 48.400 28/02 Pela Venda de Móveis e Utensílios 20.000 05/03 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 3.000 08/03 Pela Venda de Ações de Outras Cias at. Ch 20.000 10/03 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 240.000 31/03 Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 41.800 31/03 Pelo Recebimento de Dividendos de Controlada 25.000 05/04 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 3.000 05/04 Pelo Pagamento de Aluguel at. Ch 500 05/04 Pelo Recolhimento do PIS at. Ch. 7.150 05/04 Pelo Recolhimento do COFINS at. Ch. 33.000 15/04 Pela Prest. Sv. At. Ch. 77.850 20/04 Pela Venda de Mercadorias at. Ch 320.000 30/04 Pelo Pgto ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar 35.600 05/05 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 3.000 05/05 Pelo Pagamento de Aluguel at. Ch 500 05/05 Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. Ch. 77.850 09/05 Pelo Pgto dos Custos dos Serviços Prestados at. Ch 15.000 10/05 Pela Aquisição de Veículo at. Ch. 30.000 31/05 Pelo Recebimento de Venda de Exercício Seguinte 20.000 31/05 Pela Aquisição de Debêntures 150.000 01/06 Pelo Desconto de Duplicatas junto ao Banco 195.000 08/06 Pelo Pgto de Duplicatas não honrada 20.000 08/06 Pelo Pgto de Juros Passivo de Duplicatas 15.000 10/06 Pelo Recebimento Duplicatas não Honradas 20.000 10/06 Pelo Recebimento Juros Ativos de Duplicatas 10.000 30/06 Pelo Pgto a Fornecedores at. Ch. 100.000 05/07 Pelo Pagamento de Salários at. Ch 3.000 05/07 Pelo Pagamento de Aluguel at. Ch 1.500 05/07 Pelo Recolhimento do PIS at. Ch. 4.876 29 05/07 Pelo Recolhimento do COFINS at. Ch. 22.500 10/07 Pela Aquisição de Ações da Própria Cia at. Ch (Ações em Tesouraria) 200.000 16/07 Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. Ch. 10.000 20/07 Pelo Pgto de Custos de Exercício Seguinte 15.000 CONTA BCO C/MOVIM – Saldo Final: 5.552.645,00 CONTA APLICAÇÃO IMEDIATA – Saldo Inicial : 0,00 Data Histórico D C 24/02 Pela Aplicação Financeira em CDB 250.000 CONTA APLICAÇÃO IMEDIATA – Saldo Inicial : 250.000 Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Despesa com Equivalência pelo MEP 25.000 Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Final: 25.000 Conta Exaustão – Saldo Inicial: 0,00 Data Histórico D C 28/07 Pelo Reconhecimento de Exaustão 4.000 Conta Exaustão – Saldo Final: 4.000,00 30 EXERCÍCIO 5 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 4.385.150 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 10/01 11/01 11/01 15/01 05/02 05/02 10/02 21/02 21/02 23/02 24/02 28/02 28/02 05/03 08/03 10/03 31/03 31/03 05/04 05/04 05/04 05/04 15/04 20/04 30/04 05/05 05/05 09/05 10/05 31/05 31/05 01/06 08/06 08/06 10/06 10/06 30/06 05/07 31 05/07 05/07 05/07 10/07 16/07 20/07 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 5.552.645,00 Conta Aplicação Financeira de Liquidez Imediata – Saldo Inicial: 0,00 24/02 Conta Aplicação Financeira de Liquidez Imediata – Saldo Final: 250.000 CONTAS SÓ CONTÁBEIS (NÃO FINANCEIRAS) Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Rec. Equiv. Patrim. Positiva – Saldo Final: 25.000 Conta Exaustão – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Conta Exaustão – Saldo Inicial : 4.000 32 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – EXERCÍCIO 5 Receita Operacional Bruta: Vendas................................................................................................................................................ Prest. Sv.......................................................................................................................................... ....... (-) Deduções: Devolução....................................................................................................................................... ICMS .................................................................................................................................................... PIS .......................................................................................................................................................... COFINS ............................................................................................................................................ ........( ) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. CMV ....................................................................................................................................................... CSP ........................................................................................................................................................ ........( ) (=) Lucro Bruto.......................................................................................... (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ...................................................................................................................................... Aluguel ......................................................................................................................................... Exaustão..................................................................................................................................... Despesas Financeiras: Juros passivos ................................................................................................................... (-) Receitas Financeiras: Juros Ativos ....................................................................................................................... ( ) Receita com Equivalência Patrim Positiva........................................( ) ......( ) (=) Lucro Operacional Líquido (LAIR).................................................... (-) IR e CSLL...............................................................................................( ) (=) Lucro Líquido Após IR (LADIR)......................................................... 33 DFC – Método Direto - EXERCÍCIO 5 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas – devolução) Recebimento de Prest. Sv. Pagamento a Fornecedores (CMV) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) Pagamento de Salários Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL Juros de empréstimos recebidos/pagos Gerais e Administrativas Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Venda de Imobilizado Venda de Investimentos Recebimento de Dividendos Compra de Imobilizado Aquisição de Debêntures Aplicação Financeira Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Pagamento de Dividendos Empréstimos Recebidos Adiantamentos Recebidos de Clientes Aquisição/Venda das Ações em Tesouraria Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período (-) Ajustes para conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equiv. Patrimonial Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 34 DFC – Método Indireto – EXERCÍCIO 5 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equival. Patrim. Negativa/Positiva Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão Caixa líquido obtido das atividades operacionais FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Venda de Imobilizado Venda de Investimentos Recebimento de Dividendos Compra de Imobilizado Aquisição de Debêntures Aplicação Financeira Caixa líquido obtido das atividades de investimentos FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Pagamento de Dividendos Empréstimos Recebidos Adiantamentos Recebidos de Clientes Aquisição/Venda das Ações em Tesouraria Adiantamentos Pagos a Fornecedores Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos * IR pago 35 4 – DEMONSTRATIVO DO VALOR ADICIONADO - DVA: Atendendo a uma reivindicação da ONU, as Normas Internacionais recomendam a confecção do DVA, mas no Brasil ele se tornou obrigatório. O DVA parte da Receita Operacional Bruta – ROL, retirando desta Receita, os itens gerados por terceiros, de forma a se obter o valor em que a entidade colaborou para o aumento do Produto Interno Brasileiro – PIB, e em seguida informa como este “produto” foi distribuído aos diversos grupos da sociedade,que chamamos de Valor Adicionado, classificados como:  Pessoal e Encargos: inclui salários, benefícios, encargos sociais, contribuição para previdência privada, participação dos lucros, etc;  Governos – Impostos, Taxas e Contribuições: Divididos nas três esferas de poder – Federal, Estadual e Municipal, sendo incluído todos os tributos inerentes as atividades da entidade.  Remuneração de Capital de Terceiros: Remuneração como Aluguéis, Pagamento de Debêntures e Juros Passivos.  Remuneração do Capital Próprio: Pagamentos realizados como Dividendos, Juros sobre o Capital Próprio e Lucros Retidos. 4.1 – LEGISLAÇÃO ESPECÍFICA: A Lei Federal nº 11.638/2007, que entrou em vigor a partir de 01/01/2008, introduziu a obrigatoriedade do DVA e o Pronunciamento Técnico CPC 09 estabeleceu a forma de confecção. 4.2 – CONFECÇÃO PELO REGIME DE COMPETÊNCIA: Diferentemente do DVA, o DVA é feito pelo Regime da COMPETÊNCIA. Parte-se do DRE, que sofre ajustes apenas ajustes nas contas Despesa com ICMS, CMV, Despesa com Telefone, e Despesa com Energia Elétrica. 4.3 – AJUSTES NO DRE: É necessário que se faça ajustes no DRE da entidade nas seguintes contas:  Despesa com ICMS: o ajuste se justifica, devido ao fasto, de que ao adquirir a mercadoria, o ICMS a Recuperar é recolhido pela empresa vendedora, que deverá informar este valor no DVA, e caso a empresa compradora também informe este valor teremos um aumento do PIB irreal, e para evitar isto, se desconta o ICMS a Recuperar do período, da Despesa com ICMS, a entidade só deve informar como tributo pago o valor que ela efetivamente recolheu; 36  CMV: quando se calcula o CMV de uma Mercadoria, leva-se em conta o seu preço deduzido do ICMS a Recuperar, mas, para efeito de DVA, o CMV será acrescido do ICMS a Recuperar do Período.  Despesa com Telefone: sobre o valor da conta de telefone consumida, cerca de 25% a 30% do valor consumido é na verdade tributo (ICMS), portanto, o valor do ICMS da conta não deverá ser descontado, pois, não é a empresa que utilizou o telefone que recolhe ao governo, e sim a operadora de telefonia, e  Despesa com Energia Elétrica: em simetria a Despesa de Telefone, na Despesa com Energia Elétrica também não deve ser retirado o ICMS sobre o valor da conta, que representa 30% do valor consumido. O mesmo vale para Despesa com Internet. Texto do Pronunciamento Contábil Técnico 09: “Insumos adquiridos de terceiros Custo dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos - inclui os valores das matérias-primas adquiridas junto a terceiros e contidas no custo do produto vendido, das mercadorias e dos serviços vendidos adquiridos de terceiros; não inclui gastos com pessoal próprio. Materiais, energia, serviços de terceiros e outros - inclui valores relativos às despesas originadas da utilização desses bens, utilidades e serviços adquiridos junto a terceiros. Nos valores dos custos dos produtos e mercadorias vendidos, materiais, serviços, energia, etc. consumidos, devem ser considerados os tributos incluídos no momento das compras (por exemplo, ICMS, IPI, PIS e COFINS), recuperáveis ou não. Esse procedimento é diferente das práticas utilizadas na demonstração do resultado.” 37 4.4 – Exercício de Ajuste do DRE: Digamos que a empresa Alfa tem em X1 o seguinte DRE: DRE Empresa Alfa – de 01/01 a 31/12/20X1 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 15.000.000,00 SV............................................... 4.000.000,00......................19.000.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................300.000,00 Abatimentos s/vendas....................200.000,00 PIS ..................................................70.000,00 COFINS .........................................640.000,00 Despesa com ICMS ...................2.700.000,00 ISS ................................................ 200.000,00.................... ( 4.110.000,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 14.890.000,00 (-) CMV..............................................3.000.000,00 CSP..............................................1.800.000,00.................... (4.800.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 10.090.000,00 (-) Despesas Operacionais: Despesa com Energia Elétrica......600.000,00 Despesa com Telefone..................150.000,00 Ajustes:  Despesa com ICMS: O ICMS a Recuperar foi de R$ 513.000,00;  CMV: O ICMS a Recuperar foi de R$ 513.000,00; 38 Ajuste: DRE Empresa Alfa – de 01/01 a 31/12/20X1 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 15.000.000,00 SV............................................... 4.000.000,00......................19.000.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................300.000,00 Abatimentos s/vendas....................200.000,00 PIS ..................................................70.000,00 COFINS .........................................640.000,00 Despesa com ICMS ..................._____________ ISS ................................................ 200.000,00.................... ( ) (=) Receita Operacional Líquida................................................... _____________ (-) CMV.............................................._____________ CSP..............................................1.800.000,00.................... (____________) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 10.090.000,00 (-) Despesas Operacionais: Despesa com Energia Elétrica......____________ Despesa com Telefone..................____________ Resolução: DRE Empresa Alfa – de 01/01 a 31/12/20X1 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 15.000.000,00 SV............................................... 4.000.000,00......................19.000.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................300.000,00 Abatimentos s/vendas....................200.000,00 PIS ..................................................70.000,00 COFINS .........................................640.000,00 Despesa com ICMS ...................2.187.000,00 ISS ................................................ 200.000,00.................... ( 3.597.000,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 15.403.000,00 (-) CMV..............................................3.513.000,00 CSP..............................................1.800.000,00.................... (5.313.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 10.090.000,00 (-) Despesas Operacionais: Despesa com Energia Elétrica......600.000,00 Despesa com Telefone..................150.000,00 39 Exercício I: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO Demonstração do Valor Adicionado Cia. Produtiva em R$ mil 20X1 % 20X2 % DESCRIÇÃO 1-RECEITAS 4.100.000 5.045.000 1.1) Vendas e Prest. Sv – Devolução e Abatimentos 4.000.000 4.875.000 1.2) Provisão p/devedores duvidosos – Reversão/(Constituição) (100.000) (30.000) 1.3) Não operacionais 100.000 200.000 2-INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui ICMS e IPI) (630.000) (1.410.000) 2.1) Matérias-Primas consumidas - - 2.2) Custos das mercadorias e serviços vendidos (600.000) (1.400.000) 2.3) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (20.000) (10.000) 2.4) Perda/Recuperação de valores ativos (10.000) - 3 – VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 3.470.000 3.635.000 4 – RETENÇÕES (30.000) (60.000) 4.1) Depreciação, amortização e exaustão (30.000) (60.000) 5 –VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 3.430.000 3.575.000 6 – VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 50.000 250.000 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 20.000 50.000 6.2) Receitas financeiras 30.000 200.000 7 – VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 3.480.000 100 3.825.000 100 8 – DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (3.480.000) 100 (3.825.000) 100 8.1) Pessoal e encargos (388.000) (630.044) 16,5 8.2) Impostos, taxas e contribuições (1.850.000) (1.625.587) 42,5 8.3) Juros e aluguéis (50.000) (90.000) 2,4 8.4) Juros s/ capital próprio, debêntures e dividendos (500.000) (688.540) 18,0 8.5) Lucros retidos / prejuízo do exercício (692.000) (790.829) 20,6 * O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 40 EXERCÍCIO 1 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 3.500.000,00 SV............................................... 1.500,000,00......................5.000.000,00 (+ 1.1) (-) Deduções: Devoluções de vendas................... 25.000,00 (- 1.1) Abatimentos s/vendas....................100.000,00 (- 1.1) PIS ..................................................31.850,00 (- 8.2) COFINS .........................................147.000,00 (- 8.2) ICMS ............................................ 646.000,00 (- 8.2) ISS ................................................ 75.000,00...(- 8.2)........(1.024.850,00) (=) Receita Operacional Líquida.................................................... 3.975.150,00 (-) CMV..............................................1.300.000,00 CSP.................................................100.000,00....................(1.400.000,00) (- 2.2) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 2.575.150,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................200.000,00 (- 8.1) Sv. Terceiros...................................... 10.000,00 (- 2.3) Aluguéis.............................................. 20.000,00 (- 8.3) Depreciação...................................... 30.000,00 (- 4.1) Amortização...................................... 30.000,00 (- 4.1) PDD.................................................. 30.000,00 (- 1.2) (-) Receitas Financeiras........................(200.000,00) (+ 6.2) Desp. Financeiras.............................. 70.000,00 (- 8.3) Receita Equiv. Patrim. Pos............. ( 50.000,00)...(+ 6.1)..... ( 140.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 2.435.150,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 200.000,00 (+ 1.3) (=) Lucro Antes do IR................................................................... 2.635.150,00 (-) CSLL ................................................................................. (198.460,00) (- 8.2) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (330.766,00) (- 8.2) (-) Adicional de IR ...................................................................... (196.511,00) (- 8.2) (-) Participações: 1.763.198 Debenturistas ......................................176.320,00 (- 8.4) Empregados ........................................158.688,00 (- 8.1) Administradores................................. 142.819,00 (- 8.1) Cont. Prev. Empreg. ......................... 128.537,00 .(- 8.1)...... (606.364,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................1.303.049,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 13,03 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 512.220,00 (- 8.4) 41 Exercício II: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 2 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X2 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 42 EXERCÍCIO 2 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 8.500.000,00 SV............................................... 2.000.000,00......................10.500.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................250.000,00 Abatimentos s/vendas....................450.000,00 PIS ..................................................60.850,00 COFINS .........................................341.000,00 ICMS ..........................................1.520.000,00 ISS ................................................ 100.000,00....................( 2.721.850,00) (=) Receita Operacional Líquida.................................................... 7.778.150,00 (-) CMV..............................................2.500.000,00 CSP.................................................900.000,00....................(3.400.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 4.378.150,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................300.000,00 Sv. Terceiros...................................... 40.000,00 Aluguéis.............................................. 30.000,00 Depreciação...................................... 40.000,00 Amortização...................................... 35.000,00 PDD.................................................. 35.000,00 Receitas Financeiras.......................(100.000,00) Desp. Financeiras.............................120.000,00 Despesas Equiv. Patrim. Negativa. 50.000,00 .................. ( 550.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 3.828.150,00 (-) Despesas Não Operacionais................................................... (200.000,00) (=) Lucro Antes do IR................................................................... 3.628.150,00 (-) CSLL ................................................................................. (250.838,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (389.063,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (232.042,00) (-) Participações: Debenturistas ......................................206.230,00 Empregados ........................................188.063,00 Administradores................................. 162.469,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 146.422,00 ............... (703.184,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 2.053.023,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 18,49 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 615.906,00 43 Exercício III: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 3 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X3 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 44 EXERCÍCIO 3 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 15.500.000,00 SV............................................... 2.000.000,00......................17.500.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................300.000,00 Abatimentos s/vendas....................400.000,00 PIS ..................................................90.000,00 COFINS .........................................520.000,00 ICMS ..........................................2.500.000,00 ISS ................................................ 100.000,00....................( 3.910.000,00) (=) Receita Operacional Líquida...................................................13.590.000,00 (-) CMV..............................................4.500.000,00 CSP.................................................800.030,00....................(5.330.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 8.260.000,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................600.000,00 Sv. Terceiros......................................140.000,00 Aluguéis..............................................100.000,00 Depreciação...................................... 200.000,00 Amortização...................................... 30.000,00 PDD.................................................. 70.000,00 Receitas Financeiras....................... (300.000,00) Desp. Financeiras............................. 100.000,00 Receitas Equiv. Patrim. Positiva..... (50.000,00) .................. (890.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 7.370.000,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 400.000,00 (=) Lucro Antes do IR................................................................... 7.770.000,00 (-) CSLL ................................................................................. (585.000,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (1.165.000,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (560.000,00) (-) Participações: Debenturistas ......................................410.000,00 Empregados ........................................380.000,00 Administradores................................. 330.000,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 290.000,00 ............... (1.410.000,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 4.050.000,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 20,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 1.600.000,00 45 Exercício IV: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 4 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X4 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 46 EXERCÍCIO 4 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 5.500.000,00 SV............................................... 2.000.000,00......................7.500.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................100.000,00 Abatimentos s/vendas....................200.000,00 PIS ..................................................30.000,00 COFINS .........................................210.000,00 ICMS ..........................................1.000.000,00 ISS ................................................ 100.000,00....................( 1.640.000,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 5.860.000,00 (-) CMV..............................................1.500.000,00 CSP.................................................300.000,00....................(1.800.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 4.060.000,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................200.000,00 Sv. Terceiros...................................... 40.000,00 Aluguéis.............................................. 20.000,00 Depreciação......................................120.000,00 Amortização...................................... 20.000,00 PDD.................................................. 40.000,00 Receitas Financeiras.......................(100.000,00) Desp. Financeiras............................. 20.000,00 Receitas Equiv. Patrim. Positiva..... (30.000,00) .................. (330.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 3.730.000,00 (-) Despesas Não Operacionais................................................... ( 40.000,00) (=) Lucro Antes do IR................................................................... 3.690.000,00 (-) CSLL ................................................................................. (340.000,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (825.000,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (280.000,00) (-) Participações: Debenturistas ......................................300.000,00 Empregados ........................................280.000,00 Administradores................................. 260.000,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 240.000,00 ............... (1.080.000,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 1.165.000,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 20,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 400.000,00 47 Exercício V: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 5 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X5 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 48 EXERCÍCIO 5 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 15.000.000,00 SV............................................... 4.000.000,00......................19.000.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas...................300.000,00 Abatimentos s/vendas....................200.000,00 PIS ..................................................70.000,00 COFINS .........................................640.000,00 ICMS ..........................................2.700.000,00 ISS ................................................ 200.000,00....................( 4.110.000,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 14.890.000,00 (-) CMV..............................................3.000.000,00 CSP...............................................1.800.000,00.................... (4.800.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 10.090.000,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................600.000,00 Sv. Terceiros......................................150.000,00 Aluguéis.............................................. 60.000,00 Depreciação...................................... 280.000,00 Amortização...................................... 80.000,00 PDD.................................................. 140.000,00 Receitas Financeiras.......................(200.000,00) Desp. Financeiras.............................160.000,00 Desp. Equiv. Patrim. Negativa........ 30.000,00 .................. (1.300.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 8.790.000,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 400.000,00 (=) Lucro Antes do IR................................................................... 9.190.000,00 (-) CSLL ................................................................................. (940.000,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (1.225.000,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (815.000,00) (-) Participações: Debenturistas ......................................600.000,00 Empregados ........................................560.000,00 Administradores................................. 500.000,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 440.000,00 ............... (2.100.000,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 4.110.000,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 60,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 2.000.000,00 49 Exercício VI: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 6 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X6 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 50 EXERCÍCIO 6 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 22.000.000,00 SV............................................... 8.000.000,00......................30.000.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas................... 500.000,00 Abatimentos s/vendas.................... 300.000,00 PIS ............................................... 189.800,00 COFINS ......................................... 876.000,00 ICMS .......................................... 4.085.000,00 ISS ................................................ 400.000,00.................... ( 6.350.800,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 23.649.200,00 (-) CMV..............................................4.000.000,00 CSP...............................................2.000.000,00.................... (6.000.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 17.649.200,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................600.000,00 Sv. Terceiros......................................150.000,00 Aluguéis.............................................. 60.000,00 Depreciação...................................... 220.000,00 Amortização...................................... 80.000,00 PDD.................................................. 140.000,00 Receitas Financeiras.......................(200.000,00) Desp. Financeiras.............................220.000,00 Desp. Equiv. Patrim. Negativa........ 30.000,00 .................. (1.300.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 16.349.200,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 500.000,00 (=) Lucro Antes do IR................................................................... 16.849.200,00 (-) CSLL ................................................................................. (1.252.739,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (2.087.897,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (1.367.932,00) (-) Participações: Debenturistas ......................................1.114.447,00 Empregados ........................................1.003.002,00 Administradores................................. 902.702,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 812.432,00 ............... (3.832.583,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 8.308.049,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 100,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 4.000.000,00 51 Exercício VII: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 7 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X7 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Receita. Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 52 EXERCÍCIO 7 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 3.850.000,00 SV............................................... 1.220.000,00 ......................5.070.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas................... 10.000,00 Abatimentos s/vendas.................... 50.000,00 PIS ............................................... 32.630,00 COFINS ......................................... 150.600,00 ICMS .......................................... 722.000,00 ISS ................................................ 61.000,00.................... ( 1.026.230,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 4.043.770,00 (-) CMV.............................................. 600.000,00 CSP............................................... 200.000,00.................... ( 800.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 3.243.770,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................150.000,00 Sv. Terceiros...................................... 10.000,00 Aluguéis.............................................. 6.000,00 Depreciação...................................... 20.000,00 Amortização...................................... 5.000,00 PDD.................................................. 10.000,00 Receitas Financeiras....................... (25.000,00) Desp. Financeiras............................. 2.000,00 Receita Equiv. Patrim. Positiva........ (30.000,00) .................. (148.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 3.095.770,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 50.000,00 (=) Lucro Antes do IR................................................................... 3.145.770,00 (-) CSLL ................................................................................. (237.018,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (395.029,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (239.353,00) (-) Participações: Debenturistas ...................................... 210.021,00 Empregados ........................................ 189.019,00 Administradores................................. 170.117,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 153.105,00 ............... (722.262,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 1.552.108,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 150,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 1.000.000,00 53 Exercício VIII: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 8 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X8 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Receita Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 54 EXERCÍCIO 8 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 5.320.000,00 SV............................................... 1.800.000,00 ......................7.120.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas................... 15.000,00 Abatimentos s/vendas.................... 20.000,00 PIS ............................................... 46.150,00 COFINS ......................................... 213.000,00 ICMS .......................................... 1.007.000,00 ISS ................................................ 90.000,00.................... ( 1.391.150,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 5.728.850,00 (-) CMV.............................................. 400.000,00 CSP............................................... 300.000,00.................... ( 700.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 5.028.850,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................100.000,00 Sv. Terceiros...................................... 15.000,00 Aluguéis.............................................. 10.000,00 Depreciação...................................... 25.000,00 Amortização...................................... 10.000,00 PDD.................................................. 20.000,00 Receitas Financeiras....................... (30.000,00) Desp. Financeiras............................. 50.000,00 Receita Equiv. Patrim. Positiva........ (10.000,00) .................. (190.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 4.838.850,00 (-) Receitas Não Operacionais................................................... 20.000,00 (=) Lucro Antes do IR................................................................... 4.858.850,00 (-) CSLL ................................................................................. (372.493,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (620.821,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (389.881,00) (-) Participações: Debenturistas ...................................... 328.430,00 Empregados ........................................ 295.587,00 Administradores................................. 266.028,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 239.426,00 ............... (1.129.471,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 2.346.184,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 150,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 1.200.000,00 55 Exercício IX: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 9 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X9 % 1 - RECEITAS 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 1.2) Outras receitas (Despesa Não Operacional) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos 2.4) Outras (especificar) 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 6.2) Receitas financeiras 6.3) Outras 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 100 8.1) Pessoal 8.1.1 – Remuneração direta 8.1.2 – Benefícios 8.1.3 – F.G.T.S 8.2) Impostos, taxas e contribuições 8.2.1 – Federais 8.2.2 – Estaduais 8.2.3 – Municipais 8.3) Remuneração de capitais de terceiros 8.3.1 – Juros 8.3.2 – Aluguéis 8.3.3 – Outras (Debêntures) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio 8.4.2 – Dividendos 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 56 EXERCÍCIO 9 - DRE de 01/01 a 31/12/X2 Receita Operacional Bruta: Vendas........................................ 8.300.000,00 SV............................................... 5.800.000,00 ......................14.100.000,00 (-) Deduções: Devoluções de vendas................... 150.000,00 Abatimentos s/vendas.................... 100.000,00 PIS ............................................... 91.000,00 COFINS ......................................... 420.000,00 ICMS .......................................... 1.558.000,00 ISS ................................................ 290.000,00.................... ( 2.609.000,00) (=) Receita Operacional Líquida................................................... 11.491.000,00 (-) CMV.............................................. 1.400.000,00 CSP............................................... 600.000,00.................... ( 2.000.000,00) (=) Lucro Bruto.............................................................................. 9.491.000,00 (-) Despesas Operacionais: Encargos Sociais...............................350.000,00 Sv. Terceiros......................................150.000,00 Aluguéis.............................................. 80.000,00 Depreciação...................................... 250.000,00 Amortização...................................... 100.000,00 PDD.................................................. 220.000,00 Receitas Financeiras....................... (130.000,00) Desp. Financeiras............................. 150.000,00 Despesa Equiv. Patrim. Positiva........ 200.000,00 .................. (1.370.000,00) (=) Lucro Operacional Líquido...................................................... 8.121.000,00 (-) Despesas Não Operacionais................................................... (20.000,00) (=) Lucro Antes do IR................................................................... 8.101.000,00 (-) CSLL ................................................................................. (611.123,00) (-) Provisão p/ IR.......................................................................... (1.018.539,00) (-) Adicional de IR ...................................................................... (655.026,00) (-) Participações: Debenturistas ...................................... 537.000,00 Empregados ........................................ 483.300,00 Administradores................................. 434.970,00 Cont. Prev. Empreg. ......................... 391.473,00 ............... (1.846.743,00) (=) Lucro Líquido do Exercício........................................................ 3.969.569,00 (=) Lucro Líquido por Ação........................................................... 150,00 (=) Dividendos Distribuídos........................................................... 1.500.000,00 57 Exercícios: DFC 01 – (AFRF/Esaf) A composição da diferença entre o lucro contábil com o fluxo de caixa operacional líquido é evidenciada: a) No DOAR. b) No fluxo de caixa indireto. c) Na DRE. d) No fluxo de caixa gerado por investimentos. e) Na composição dos financiamentos de caixa. 02 – (AFRF/Esaf) O valor de resgate referente a aplicações financeiras de longo prazo é classificada no fluxo de caixa como item: a) De empreendimentos. b) De financiamentos. c) De operações. d) De amortizações. e) De Investimentos. 03 – (AFRF/2003/Esaf) Representam operações que não afetam o fluxo de caixa: a) Recebimento por doação de terrenos. b) Aquisição de bens não de uso e quitação de contrato de mútuo. c) Alienação de participações societárias. d) Venda de ações emitidas. e) Repasse de recursos para empresas coligadas e aquisição de bens. 04 – (AFPS/Esaf) Os fluxos dos caixas podem ser elaborados pelos métodos: a) Descontado e direto. b) De geração líquida e descontado. c) Indireto e descontado. d) Corrente e de geração líquida. e) Direto e indireto. 05 – (AFPS/Esaf) Na elaboração do fluxo dos caixas são consideradas atividades de financiamento: a) recebimento por emissão de debêntures, pagamentos de dividendos distribuídos no período e empréstimos bancários obtidos. b) Pagamento pela aquisição de títulos patrimoniais de outras empresas, empréstimos obtidos no mercado e pagamento a fornecedores. c) Recebimento de dividendos pela participação no patrimônio de outras empresas, pagamento de fornecedores e recursos para aumento de capital. d) Pagamento de encargos sobre empréstimos de longo prazo, recebimento de dividendos e recebimento provenientes de clientes. e) Recebimento do principal dos empréstimos concedidos, aquisições de novas participações societárias e recebimento de dividendos de empresas coligadas. 58 06 – (AFPS/Esaf) Das assertativas a seguir, indique aquela que é formada por fatores que provocam movimentações do caixa geradas pelas atividades de investimentos: a) Contratação de financiamento de longo prazo e aumento de capital com utilização de reservas. b) Acréscimos de capital por subscrição firme de ações ordinárias e reversão de reservas de contingências. c) Reversão de PDD e alienação de imobilizado. d) Alienação de imobilizado e aquisições de controle acionário de outras empresas. e) Aumento de capital com utilização de saldo de reservas de lucro e aquisição de investimentos permanentes. 07 – (AFRF/2003/Esaf) Na elaboração do fluxo de caixa são classificadas como atividades de financiamento: a) Desembolso por empréstimos concedidos a empresas coligadas e controladas. b) Aquisição de máquinas, veículos ou equipamentos através de contrato de arrendamento mercantil. c) Recebimento de contribuições de caráter permanente para aquisição de terrenos para expansão da capacidade instalada da empresa. d) Venda de ações emitidas e recebimento de valores decorrentes da alienação de participações societárias. e) Recebimento de juros sobre empréstimos concedidos a outras empresas. DFC:1 – B; 2 – E; 3 – A; 4 – E; 5 – A; 6 – D, e 7 – C. DVA 1) (ICMS-SP/2009/FCC) O valor da receita de equivalência patrimonial recebida pela empresa de controlada deve ser apresentada na DVA como: a) Distribuição de riqueza – remuneração do capital de terceiros. b) Receita criada pela entidade – outras receitas. c) Receitas não operacionais – demais. d) Valor adicionado recebido em transferência. e) Distribuição de riqueza – remuneração do capital próprio. 2) (ICMS-RJ/2009/FGV) a Cia Rubi efetuou as seguintes operações durante o ano de 2009: DRE $ VENDAS 100.000 CMV 20.000 RECEITAS FINANCEIRAS 8.000 DESPESAS DE ALUGUEL 2.000 RECEITAS DE ALUGUEL 1.000 PAGAMENTO DE SALÁRIOS 24.000 DESPESA FINANCEIRA 5.000 IMPOSTOS PAGOS 2.000 JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO PAGOS 10.000 DESPESA DE DEPRECIAÇÃO 5.000 59 DIVIDENDOS PAGOS 2.000 DESPESA DE SEGUROS 4.000 PDD 3.000 SERVIÇOS DE TERCEIROS 12.000 Em 31.12.2009, o valor adicionado a distribuir será de: a) $ 65.000 b) $ 68.000 c) $ 63.000 d) $ 69.000 e) $ 72.000 DVA: 1 – D, e 2 – A. 60 GABARITO: HISTÓRICO classificação ATIVIDADE Pela Aquisição de Mercadorias at. ch CMV OPERACIONAL Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria Desp. ICMS OPERACIONAL Pela Aquisição de Mercadorias a vista CMV OPERACIONAL Pelo ICMS a Recuperar em aquisição de Mercadoria Desp. ICMS OPERACIONAL Pelo Recebimento de Prestação de Serviços at. ch. Rec. Prest. Sv OPERACIONAL Pelo Pagamento de Salários at. ch Desp. Salários OPERACIONAL Por ter contraído Empréstimo Bancário Emprést. Recebidos FINANCIAMENTO Pela Aquisição de Mercadorias at. ch CMV OPERACIONAL Pela Venda de Mercadorias at. ch Rec. Vendas OPERACIONAL Pela Devolução de Mercadorias Devolução OPERACIONAL Pelo Pgto do ICMS confrontando com o ICMS a Recuperar Desp. ICMS OPERACIONAL Pela Aquisição de Móveis e Utensílios Compra Imobilizado INVESTIMENTO Pelo Pagamento de Salários at. ch Desp. Salários OPERACIONAL Pela Aquisição de Ações de Outras Cias at. ch Compra Investimentos INVESTIMENTO Pelo Recebimento de Doação em dinheiro Receb. Doação FINANCIAMENTO Pelo Pagamento de Salários at. ch Desp. Salários OPERACIONAL Pelo Pagamento de Aluguel at. ch Desp. Aluguel OPERACIONAL Pelo Recolhimento do PIS at. ch. Desp. PIS OPERACIONAL Pelo Recolhimento do COFINS at. ch. Desp. COFINS OPERACIONAL Pelo Pgto dos Custos dos Serviços Prestados at. ch CSP OPERACIONAL Pela Aquisição de Veículo at. ch. Compra Imobilizado INVESTIMENTO Pelo Recebimento de Venda de Exercício Seguinte Adiant. Clientes FINANCIAMENTO Pelo Pagamento dos Custos de Exercício Seguinte Adiant. Fornec. FINANCIAMENTO Pelo Desconto de Duplicatas junto Banco Rec. Vendas OPERACIONAL Pelo Pgto de Duplicatas não honrada Devolução OPERACIONAL Pelo Pgto de Juros Passivo de Duplicatas Juros Passivos OPERACIONAL Pelo Recebimento Duplicatas não Honradas Rec. Vendas OPERACIONAL Pelo Recebimento Juros Ativos de Duplicatas Juros Ativos OPERACIONAL Pelo Pgto a Fornecedores at. ch. CMV OPERACIONAL Pela Aquisição de Marcas e Patentes at. ch. Compra Intangível INVESTIMENTO Pela Aquisição de Ponto Comercial at. ch. Compra Intangível INVESTIMENTO Pela Transferência de Recursos da C/C para Caixa Permuta - 61 GABARITO: EXERCÍCIO 1 PASSO 1: CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 1 CONTA CAIXA – Saldo Inicial: 0,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 06/01 Integralização Capital - - Financiamento 200.000 - 10/01 Permuta - - - - CONTA CAIXA Saldo Final: 0,00 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 0,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 Permuta - - - - - 11/01 - - CMV OPERACIONAL - 9.300 11/01 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 700 15/01 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 129.750 - 05/02 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 10/02 Emprést. Recebidos - - FINANCIAMENTO 200.000 - 21/02 - - CMV OPERACIONAL - 8.800 21/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 1.200 23/02 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 450.000 - 24/02 - - Devolução OPERACIONAL - 30.000 28/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 22.562 28/02 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTO - 10.000 05/03 Compra Investimento - - INVESTIMENTO - 10.000 08/03 Recebim. Doação - - FINANCIAMENTO 25.000 - 10/03 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 500 31/03 - - CSP OPERACIONAL - 10.000 31/03 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTO - 10.000 05/04 Adiant. Clientes - - FINANCIAMENTO 80.000 - 05/04 Adiant. Fornecedores - - FINANCIAMENTO - 10.000 05/04 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 95.000 - 05/04 - - Juros Passivos OPERACIONAL - 10.000 15/04 - - CMV OPERACIONAL - 10.000 20/04 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 2.438 30/04 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 11.250 05/05 Compra Intangível - - INVESTIMENTO - 20.000 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 1.000.000 CONTAS SÓ CONTÁBEIS (NÃO FINANCEIRAS) Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 30/04 Receita de Equiv. Patrimonial Positiva - 15.000 Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Final: 15.000 Conta Depreciação – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 30/04 Depreciação 2.000 - Conta Depreciação – Saldo Final: 2.000 62 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 1 Receita Operacional Bruta: Vendas ...............................................................................................................................................545.000 Prest. Sv........................................................................................................................................... 129.750 ..........674.750 (-) Deduções: Devolução ..................................................................................................................................... 30.000 ICMS ................................................................................................................................................... 24.462 PIS.......................................................................................................................................................... 2.438 COFINS ........................................................................................................................................... 11.250 ..........(68.150) (=) Receita Operacional Líquida................................................................606.600 CMV......................................................................................................................................................... 28.100 CSP ........................................................................................................................................................ 10.000 .........( 38.100) (=) Lucro Bruto...........................................................................................568.500 (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... 3.000 Aluguel......................................................................................................................................... 500 Depreciação .........................................................................................................................2.000 Despesas Financeiras: Juros Passivos................................................................................................................10.000 (-) Receitas Financeiras: Receita Equiv. Patrimonial ............................................................................( 15.000 )......... (500) (=) Lucro Operacional Líquido....................................................................568.000 63 GABARITO: DFC – Método Direto – Exercício 1 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas- devolução) 515.000 Recebimento de Prestação de Serviços 129.750 Pagamento a Fornecedores (CMV) (28.100) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) (10.000) Pagamento de Salários (3.000) Pagamento de ICMS, PIS, COFINS (38.150) Juros recebidos/pagos (10.000) Gerais e Administrativas (500) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 555.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (20.000) Compra de Investimentos (10.000) Compra de Intangível (20.000) Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (50.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Integralização do Capital à vista 200.000 Empréstimos Recebidos 200.000 Recebimento de Doação em Dinheiro 25.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 80.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 495.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.000.000 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício zero Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 1.000.000 DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período 568.000 (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva (15.000) Despesa com Depreciação 2.000 (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 555.000 64 GABARITO: DFC – Método Indireto – Exercício 1 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício 568.000 (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva (15.000) Despesa com Depreciação 2.000 Caixa líquido obtido das atividades operacionais 555.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (20.000) Compra de Investimentos (10.000) Compra de Intangível (20.000) Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (50.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Integralização do Capital à vista 200.000 Empréstimos Recebidos 200.000 Recebimento de Doação em Dinheiro 25.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 80.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 495.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.000.000 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício Zero Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 1.000.000 Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos (10.000) * IR pago - 65 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 2 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 1.000.000,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 - - CMV OPERACIONAL - 8.100 11/01 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 1.900 11/01 - Rec. Prest. Sv. - OPERACIONAL 150.000 - 15/01 - - CSP OPERACIONAL 10.000 05/02 Emprest. Recebidos - - FINANCIAMENTO 200.000 10/02 - - CMV OPERACIONAL - 16.200 21/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 3.800 21/02 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 250.000 - 23/02 - - Devolução OPERACIONAL - 10.000 24/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 48.100 28/02 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTOS - 20.000 28/02 Compra Investimen. - - INVESTIMENTO - 10.000 05/03 Receb. Doação - - FINANCIAMENTO 30.000 - 08/03 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 2.000 10/03 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 1.000 31/03 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 3.575 31/03 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 16.500 05/04 - Rec. Prest. Sv. - OPERACIONAL 120.000 - 05/04 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 260.000 - 05/04 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 38.100 05/04 Receb. Dividendos - - INVESTIMENTO 25.000 - 15/04 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 3.575 20/04 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 16.500 30/04 - Rec. Prest. Sv. - OPERACIONAL 77.850 - 05/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 160.000 - 05/05 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 17.800 05/05 Adiantam. Cliente - - FINANCIAMENTO 80.000 - 09/05 Adiant. Fornecedor - - FINANCIAMENTO - 10.000 10/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 195.000 - 31/05 Compra Intangível - - INVESTIMENTO - 20.000 31/05 Compra Intangível - - INVESTIMENTO - 20.000 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 2.270.700,00 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Desp. Equivalência Patrim. Negativa 20.000 - Conta Despesa com Equivalência Patrimonial Negativo – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Amortização 4.000 - Conta Amortização – Saldo Final: 4.000 66 GABARITO: DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 2 Receita Operacional Bruta: Vendas ........................................................................................................................................... 865.000 Prest. Sv....................................................................................................................................... 347.850 ......... 1.212.850 (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................. 10.000 ICMS............................................................... ................................................................................ 109.700 PIS .................................................................................................................................................... 7.150 COFINS ........................................................................................................................................ 33.000 ........( 159.850) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. 1.053.000 CMV ....................................................................................................................................................24.300 CSP ................................................................................................................................................... 10.000 ..........( 34.300) (=) Lucro Bruto.......................................................................................... 1.018.700 (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ...................................................................................................................................... 2.000 Aluguel..........................................................................................................................................1.000 Amortização ...........................................................................................................................4.000 Despesas Financeiras: Despesa Equiv. Patrimonial Negativa.................................................... 20.000 ........( 27.000) (=) Lucro Operacional Líquido.................................................................. 991.700 67 GABARITO: DFC – Método Direto – Exercício 2 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) 855.000 Recebimento de Prestação de Serviços 347.850 Pagamento a Fornecedores (CMV) (24.300) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) (10.000) Pagamento de Salários (2.000) Pagamento de ICMS, PIS, COFINS (149.850) Gerais e Administrativas (1.000) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 1.015.700 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (20.000) Compra de Investimentos (10.000) Compra de Intangível (40.000) Recebimento de Dividendos 25.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (45.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 200.000 Recebimento de Doação em Dinheiro 30.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 80.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 300.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.270.700 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 1.000.000 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 2.270.700 DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período 991.700 (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva 20.000 Despesa com Depreciação/ Amortização 4.000 (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 1.015.700 68 GABARITO: DFC – Método Indireto – Exercício 2 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício 991.700 (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva 20.000 Despesa com Amortização/Depreciação 4.000 Caixa líquido obtido das atividades operacionais 1.015.700 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (20.000) Compra de Investimentos (10.000) Compra de Intangível (40.000) Recebimento de Dividendos 25.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (45.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 200.000 Recebimento de Doação em Dinheiro 30.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 80.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 300.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.270.700 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 1.000.000 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 2.270.700 Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos - * IR pago - 69 GABARITO: DFC EXERCÍCIO 3 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 3 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 2.270.700,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 - - CMV OPERACIONAL - 16.200 11/01 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 3.800 11/01 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 50.000 - 15/01 - - CSP OPERACIONAL - 5.000 05/02 Emprést. Recebido - - FINANCIAMENTO 300.000 - 10/02 Venda Imobilizado - - INVESTIMENTO 50.000 - 21/02 Venda Investimen. - - INVESTIMENTO 30.000 - 21/02 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 300.000 - 23/02 - - Devolução OPERACIONAL - 30.000 24/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 48.100 28/02 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTO - 40.000 28/02 Compra Investimen. - - INVESTIMENTO - 20.000 05/03 Receb. Doação - - FINANCIAMENTO 40.000 - 08/03 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 4.000 10/03 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 2.000 31/03 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 3.575 31/03 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 16.500 05/04 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 140.000 - 05/04 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 310.000 - 05/04 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 38.100 05/04 Receb. Dividendos - - INVESTIMENTO 25.000 - 15/04 Pgto. Dividendo - - FINANCIAMENTO - 20.000 20/04 Compra Intangível - - INVESTIMENTO - 16.000 30/04 - - Desp. IR e CSLL OPERACIONAL - 60.000 05/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 180.000 - 05/05 Pgto Empréstimo - - FINANCIAMENTO - 200.000 05/05 - - Juros Passivos OPERACIONAL - 15.000 09/05 Adiant. Clientes - - FINANCIAMENTO 40.000 - 10/05 Adiant. Forneced - - FINANCIAMENTO - 20.000 31/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 195.000 - 31/05 Compra Intangível - - INVESTIMENTO - 30.000 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 3.342.425,00 Conta Despesa com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Desp. Equivalência Patrimonial Negativa 20.000 - Conta Despesa com Equivalência Patrimonial Negativa – Saldo Final: 20.000 Conta Amortização – Saldo Inicial :0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Amortização 3.000 - Conta Amortização – Saldo Final : 3.000 70 GABARITO: DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 3 Receita Operacional Bruta: Vendas ..........................................................................................................................................985.000 Prest. Sv.......................................................................................................................................190.000 .........1.175.000 (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................... 30.000 ICMS.................................................................................................................................................... 90.000 PIS ...................................................................................................................................................... 3.575 COFINS ........................................................................................................................................... 16.500 ........( 140.075) (=) Receita Operacional Líquida..............................................................1.034.925 CMV ....................................................................................................................................................16.200 CSP ..................................................................................................................................................... 5.000 .........( 21.200) (=) Lucro Bruto...........................................................................................1.013.725 (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... 4.000 Aluguel......................................................................................................................................... 2.000 Amortização ......................................................................................................................... 3.000 Despesas Financeiras: Despesa Equiv. Patrimonial Negativa.................................................... 20.000 Juros Passivos................................................................................................................. 15.000 ........( 44.000 ) (=) Lucro Operacional Líquido................................................................ 969.725 (-) IR e CSLL.............................................................................................. (60.000) (=) LADIR.................................................................................................. 909.725 71 GABARITO: DFC – Método Direto – Exercício 3 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) 955.000 Recebimento de Prestação de Serviços 190.000 Pagamento a Fornecedores (CMV) (16.200) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) (5.000) Pagamento a Funcionários e Encargos (4.000) Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL (170.075) Juros de empréstimos recebidos/pagos (15.000) Gerais e Administrativas (2.000) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 932.725 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (40.000) Compra de Investimento (20.000) Compra de Intangível (46.000) Venda de Imobilizado 50.000 Venda de Investimento 30.000 Recebimento de Dividendos 25.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (1.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 300.000 Empréstimos Pagos (200.000) Pagamento de Dividendos (20.000) Recebimento de Doação em Dinheiro 40.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 40.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (20.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 140.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.071.725 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 2.270.700,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 3.342.425 DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período 909.725 (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva 20.000 Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão 3.000 (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 932.725 72 GABARITO: DFC – Método Indireto – Exercício 3 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício 909.725 (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva 20.000 Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão 3.000 Caixa líquido obtido das atividades operacionais 932.725 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (40.000) Compra de Investimentos (20.000) Compra de Intangível (46.000) Venda de Imobilizado 50.000 Venda de Investimento 30.000 Recebimento de Dividendos 25.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos (1.000) FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 300.000 Empréstimos Pagos (200.000) Pagamento de Dividendos (20.000) Recebimento de Doação em Dinheiro 40.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 40.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (20.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 140.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.071.725 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 2.270.700,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 3.342.425 Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos (15.000) * IR e CSLL pagos (60.000) 73 PASSO 1 CLASSIFICANDO POR ATIVIDADE - Exercício 4 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 3.342.425,00 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 - - CMV OPERACIONAL - 9.100 11/01 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 900 11/01 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 60.000 - 15/01 - - CSP OPERACIONAL - 4.000 05/02 Emprést. Pagos - - FINANCIAMENTO - 250.000 10/02 Venda Imobilizado - - INVESTIMENTO 40.000 - 21/02 Venda Investimento - - INVESTIMENTO 40.000 - 21/02 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 350.000 - 23/02 - - Devolução OPERACIONAL - 10.000 24/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 24.100 28/02 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTO - 40.000 28/02 Compra Investimen. - - INVESTIMENTO - 20.000 05/03 Rec. Doação - - FINANCIAMENTO 30.000 - 08/03 - - Desp.Salários OPERACIONAL - 5.000 10/03 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 3.000 31/03 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 3.575 31/03 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 16.500 05/04 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 100.000 - 05/04 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 310.000 - 05/04 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 24.100 05/04 Receb. Dividendos - - INVESTIMENTOL 20.000 - 15/04 Pagto Dividendos - - FINANCIAMENTO - 25.000 20/04 Venda Intangível - - INVESTIMENTO 26.000 - 30/04 - - Desp. IR e CSLL OPERACIONAL - 38.000 05/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 180.000 - 05/05 Emprést. Recebidos - - FINANCIAMENTO 250.000 - 05/05 - - Juros Passivos OPERACIONAL - 20.000 09/05 Adiant. Clientes - - FINANCIAMENTO 45.000 - 10/05 Adiant. Fornec. - - FINANCIAMENTO - 25.000 31/05 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 100.000 - 31/05 Receb. Aluguéis - - INVESTIMENTO 10.000 - CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 4.417.150,00 Conta Receita com Equivalência Patrimonial – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Receita Equiv. Patrim. Positiva - 30.000 Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Final: 30.000 Conta Exaustão – Saldo Inicial :0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Exaustão 5.000 - Conta Exaustão – Saldo Final : 5.000 74 DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – Exercício 4 Receita Operacional Bruta: Vendas ................................................................. ......................................................................... 940.000 Prest. Sv........................................................................................................................................ 160.000 .........1.100.000 (-) Deduções: Devolução .................................................................................................................................. 10.000 ICMS................................................................................................................................................... 49.100 PIS ...................................................................................................................................................... 3.575 COFINS ......................................................................................................................................... 16.500 .....( 79.175 ) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. 1.020.825 CMV .................................................................................................................................................... 9.100 CSP ...................................................................................................................................................... 4.000.......( 13.100) (=) Lucro Bruto......................................................................................... 1.007.725 (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ..................................................................................................................................... 5.000 Aluguel Passivo................................................................................................................ 3.000 Exaustão................................................................................................................................... 5.000 Despesas Financeiras: Juros Passivos................................................................................................................20.000 Receitas Financeiras: Rec. Equiv. Patrimonial Positiva............................................................... (30.000) ........( 3.000) (=) Lucro Operacional Líquido..............................................................1.004.725 (-) IR e CSLL............................................................................................ (38.000) (=) LADIR................................................................................................. 966.725 75 DFC – Método Direto – Exercício 4 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas - devolução) 930.000 Recebimento de Prestação de Serviços 160.000 Pagamento a Fornecedores (CMV) (9.100) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) (4.000) Pagamento de Salários (5.000) Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL (107.175) Juros de empréstimos recebidos/pagos (20.000) Gerais e Administrativas (3.000) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 941.725 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (40.000) Compra de Investimentos (20.000) Venda de Imobilizado 40.000 Venda de Investimento 40.000 Venda de Intangível 26.000 Recebimento de Dividendos 20.000 Recebimento de Aluguéis 10.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos 76.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 250.000 Empréstimos Pagos (250.000) Pagamento de Dividendos (25.000) Recebimento de Doação em Dinheiro 30.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 45.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (25.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 25.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.042.725 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 3.342.425,00 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 4.385.150 DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período 966.725 (-) Ajustes para reconciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva (30.000) Despesa com Depreciação/ Amortização/Exaustão 5.000 (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 941.725 76 DFC – Método Indireto – Exercício 4 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício 966.725 (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equivalência Patrimonial Negativa/Positiva (30.000) Despesa com Amortização/Depreciação/Exaustão 5.000 Caixa líquido obtido das atividades operacionais 941.725 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Compra de Imobilizado (40.000) Compra de Investimentos (20.000) Venda de Imobilizado 40.000 Venda de Investimento 40.000 Venda de Intangível 26.000 Recebimento de Dividendos 20.000 Recebimento de Aluguéis 10.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos 76.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Empréstimos Recebidos 250.000 Empréstimos Pagos (250.000) Pagamento de Dividendos (25.000) Recebimento de Doação em Dinheiro 30.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 45.000 Adiantamentos Pagos a Fornecedores (25.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 25.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.042.725 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 3.342.425 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 4.385.150 Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos (20.000) * IR e CSLL pagos (38.000) 77 GABARITO: EXERCÍCIO 5 RAZÃO DAS CONTAS DO CAIXA E EQUIVALENTES (DISPONÍVEL) CAIXA, BANCOS, APLICAÇÕES DE CURTÍSSIMO PRAZO (ATÉ 90 DIAS) CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Inicial: 4.385.150 Data Patrimonial Resultado Atividade Débito Crédito Receita Despesa 10/01 Pgto Dividendos - - FINANCIAMENTO - 50.000 10/01 - - Desp. IR e CSLL OPERACIONAL - 154.629 11/01 - - CMV OPERACIONAL - 18.600 11/01 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 1.400 15/01 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 189.750 - 05/02 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 05/02 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 500 10/02 Emprést. Recebido - - FINANCIAMENTO 400.000 - 21/02 - - CMV OPERACIONAL - 19.600 21/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 2.400 23/02 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 300.000 - 24/02 PERMUTA - - - - - 28/02 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 48.400 28/02 Venda Imobilizado - - INVESTIMENTO 20.000 - 05/03 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 08/03 Venda Investimen. - - INVESTIMENTO 20.000 - 10/03 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 240.000 - 31/03 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 41.800 31/03 Dividendo Receb - - INVESTIMENTO 25.000 - 05/04 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 05/04 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 500 05/04 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 7.150 05/04 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 33.000 15/04 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 77.850 - 20/04 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 320.000 - 30/04 - - Desp. ICMS OPERACIONAL - 35.600 05/05 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 05/05 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 500 09/05 - Rec. Prest. Sv - OPERACIONAL 77.850 - 10/05 - - CSP OPERACIONAL - 15.000 31/05 Compra Imobilizado - - INVESTIMENTO - 30.000 31/05 Adiant. Cliente - - FINANCIAMENTO 20.000 - 01/06 Aquis. Debêntures - - INVESTIMENTO - 150.000 08/06 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 195.000 - 08/06 - - Devolução OPERACIONAL - 20.000 10/06 - - Juros Passivos OPERACIONAL - 15.000 10/06 - Rec. Vendas - OPERACIONAL 20.000 - 30/06 - Juros Ativos - OPERACIONAL 10.000 - 05/07 - - CMV OPERACIONAL - 100.000 78 05/07 - - Desp. Salários OPERACIONAL - 3.000 05/07 - - Desp. Aluguel OPERACIONAL - 1.500 05/07 - - Desp. PIS OPERACIONAL - 4.876 10/07 - - Desp. COFINS OPERACIONAL - 22.500 16/07 Compra Própria Ação - - FINANCIAMENTO - 200.000 20/07 Adiantam. Fornec - - FINANCIAMENTO - 10.000 CONTA BCO. C/MOVIM – Saldo Final: 5.552.645,00 Conta Aplicação Financeira de Liquidez Imediata – Saldo Inicial: 0,00 24/02 Aplic. Financ. - - INVESTIMENTO 250.000 - Conta Aplicação Financeira de Liquidez Imediata – Saldo Final: 250.000 CONTAS SÓ CONTÁBEIS (NÃO FINANCEIRAS) Conta Receita com Equivalência Patrimonial Positiva – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Rec. Equiv. Patrimonial Positiva - 25.000 Conta Rec. Equiv. Patrim. Positiva – Saldo Final: 25.000 Conta Exaustão – Saldo Inicial: 0,00 Data Resultado Débito Crédito Contábil 28/07 Exaustão 4.000 - Conta Exaustão – Saldo Inicial : 4.000 79 GABARITO: DRE AJUSTADO – MÉTODO DE CAIXA – EXERCÍCIO 5 Receita Operacional Bruta: Vendas................................................................................................................................................ 1.075.000 Prest. Sv.......................................................................................................................................... 345.450 ....... 1.420.450 (-) Deduções: Devolução....................................................................................................................................... 20.000 ICMS .................................................................................................................................................... 129.600 PIS .......................................................................................................................................................... 12.026 COFINS ............................................................................................................................................ 55.500 ........( 217.126) (=) Receita Operacional Líquida.............................................................. 1.203.324 CMV ....................................................................................................................................................... 138.200 CSP ........................................................................................................................................................ 15.000 ........(153.200 ) (=) Lucro Bruto.......................................................................................... 1.050.124 (-) Despesas Operacionais: Gerais e Adm: Salários ...................................................................................................................................... 15.000 Aluguel ......................................................................................................................................... 3.000 Exaustão..................................................................................................................................... 4.000 Despesas Financeiras: Juros passivos ..................................................................................................................15.000 (-) Receitas Financeiras: Juros Ativos .....................................................................................................................( 10.000) Receita com Equivalência Patrim Positiva....................................( 25.000) ....... ( 2.000 ) (=) Lucro Operacional Líquido (LAIR)....................................................1.048.124 (-) IR e CSLL................................................................................................(154.629) (=) Lucro Líquido Após IR (LADIR)......................................................... 893.495 80 GABARITO: DFC – Método Direto - EXERCÍCIO 5 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Recebimento de Vendas de Clientes (vendas – devolução) 1.055.000 Recebimento de Prest. Sv. 345.450 Pagamento a Fornecedores (CMV) (138.200) Pagamento Custo dos Serviços Prestados (CSP) (15.000) Pagamento de Salários (15.000) Pagamento de ICMS, PIS, COFINS, IR e CSLL (351.755) Juros de empréstimos recebidos/pagos (5.000) Gerais e Administrativas (3.000) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 872.495 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Venda de Imobilizado 20.000 Venda de Investimentos 20.000 Recebimento de Dividendos 25.000 Compra de Imobilizado (30.000) Aquisição de Debêntures (150.000) Aplicação Financeira 250.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos 135.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Pagamento de Dividendos (50.000) Empréstimos Recebidos 400.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 20.000 Aquisição/Venda das Ações em Tesouraria (200.000) Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 160.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.167.495 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 4.385.150 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 5.552.645 DEMONSTRATIVO DA CONCILIAÇÃO DO LUCRO/PREJ. LÍQUIDO COM O CAIXA LÍQUIDO OBTIDO/(APLICADO) DAS/NAS ATIVIDADES OPERACIONAIS (+) Lucro Líquido do Período 893.495 (-) Ajustes para conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita Equiv. Patrimonial Negativa/Positiva (25.000) Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão 4.000 (=) Caixa líquido obtido das atividades operacionais 872.495 81 GABARITO: DFC – Método Indireto – EXERCÍCIO 5 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS: Lucro Líquido do Exercício 893.495 (-) Ajustes p/ conciliação do lucro líquido com o caixa obtido das atividades operacionais: Despesa/Receita com Equival. Patrim. Negativa/Positiva (25.000) Despesa com Depreciação/Amortização/Exaustão 4.000 Caixa líquido obtido das atividades operacionais 872.495 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS: Venda de Imobilizado 20.000 Venda de Investimentos 20.000 Recebimento de Dividendos 25.000 Compra de Imobilizado (30.000) Aquisição de Debêntures (150.000) Aplicação Financeira 250.000 Caixa líquido obtido das atividades de investimentos 135.000 FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS: Pagamento de Dividendos (50.000) Empréstimos Recebidos 400.000 Adiantamentos Recebidos de Clientes 20.000 Aquisição/Venda das Ações em Tesouraria (200.000) Adiantamentos Pagos a Fornecedores (10.000) Caixa líquido obtido das atividades de financiamentos 160.000 Aumento do Caixa e Equivalentes ao Caixa no Exercício 1.167.495 Caixa Equivalentes ao Caixa no Início do Exercício 4.385.150 Caixa Equivalentes ao Caixa no Final do Exercício 5.552.645 Informações complementares ao DFC * Juros pagos/recebidos (5.000) * IR pago 154.629 82 GABARITO - MODELO I – DVA – EMPRESAS EM GERAL - EXERCÍCIO 02 DESCRIÇÃO 20X2 % 1 – RECEITAS 9.565.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 9.800.000 102,5 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) (200.000) (2,1) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (35.000) (0,4) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (3.440.000) 36,0 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (3.400.000) (35,6) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (40.000) (0,4) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 6.125.000 64,0 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (75.000) (0,8) 4.1 Depreciação, Amortização e Exaustão (75.000) (0,8) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6.050.000 63,2 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 50.000 0,5 6.1) Resultado de equivalência patrimonial (50.000) (0,5) 6.2) Receitas financeiras 100.000 1,0 6.3) Outras - - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 6.100.000 63,7 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 6.100.000 100 8.1) Pessoal (796.954) (13,1) 8.1.1 – Remuneração direta (300.000) (4.9) 8.1.2 – Benefícios (496.954) (8,2) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (2.893.793) (47,4) 8.2.1 – Federais (1.273.793) (20,9) 8.2.2 – Estaduais (1.520.000) (24,9) 8.2.3 – Municipais (100.000) (1,6) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (356.230) (5,8) 8.3.1 – Juros (120.000) (2,0) 8.3.2 – Aluguéis (30.000) (0,5) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (206.230) (3,3) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (2.053.023) (33,7) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (615.906) (10,1) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (1.437.117) (23,6) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - 83 GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 03 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X3 % 1 - RECEITAS 17.130.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 16.800.000 98,1 1.2) Outras receitas (Rec. Não Operacional) 400.000 2,3 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (70.000) (0,4) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (5.470.000) (31,9) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (5.330.000) (31,1) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (140.000) (0,8) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 11.660.000 68,1 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (230.000) (1,3) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (230.000) (1,3) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 11.430.000 66,7 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 350.000 2,1 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 50.000 0,3 6.2) Receitas financeiras 300.000 1,8 6.3) Outras - - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 11.780.000 68,8 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 11.780.000 100 8.1) Pessoal (1.600.000) (13,6) 8.1.1 – Remuneração direta (600.000) (5,1) 8.1.2 – Benefícios (1.000.000) (8,5) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (5.520.000) (46,9) 8.2.1 – Federais (2.920.000) (24,8) 8.2.2 – Estaduais (2.500.000) (21,2) 8.2.3 – Municipais (100.000) (0,9) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (610.000) (5,2) 8.3.1 – Juros (100.000) (0,9) 8.3.2 – Aluguéis (100.000) (0,9) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (410.000) (3,4) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (4.050.000) (34,4) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (1.600.000) (13,6) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (2.450.000) (20,8) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 84 GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 04 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X4 % 1 - RECEITAS 7.120.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 7.200.000 101,2 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) (40.000) (0,6) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (40.000) (0,6) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (1.840.000) (25,9) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (1.800.000) (25,3) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (40.000) (0,6) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 5.280.000 74,1 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (140.000) (2,0) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (140.000) (2,0) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 5.140.000 72,1 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 130.000 1,8 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 30.000 0,4 6.2) Receitas financeiras 100.000 1,4 6.3) Outras - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 5.270.000 73,9 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 5.270.000 100 8.1) Pessoal (980.000) (18,6) 8.1.1 – Remuneração direta (200.000) (3,6) 8.1.2 – Benefícios (780.000) (14,8) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (2.785.000) (52,8) 8.2.1 – Federais (1.685.000) (32,0) 8.2.2 – Estaduais (1.000.000) (19,0) 8.2.3 – Municipais (100.000) (1,8) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (340.000) (6,5) 8.3.1 – Juros (20.000) (0,4) 8.3.2 – Aluguéis (20.000) (0,4) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (300.000) (5,6) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (1.165.000) (22,1) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (400.000) (7,6) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (765.000) (14,5) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 85 GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 5 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X5 % 1 - RECEITAS 18.760.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 18.500.000 98,6 1.2) Outras receitas (Receitas Não Operacional) 400.000 2,1 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (140.000) (0,7) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (4.950.000) (26,4) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (4.800.000) (25,6) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (150.000) (0,8) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 13.810.000 73,6 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (360.000) (1,9) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (360.000) (1,9) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 13.450.000 71,7 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 170.000 0,9 6.1) Resultado de equivalência patrimonial (30.000) (0,2) 6.2) Receitas financeiras 200.000 1,1 6.3) Outras - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 13.620.000 72,6 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 13.620.000 100 8.1) Pessoal (2.100.000) (15,4) 8.1.1 – Remuneração direta (600.000) (4,4) 8.1.2 – Benefícios (1.500.000) (11,1) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (6.590.000) (48,4) 8.2.1 – Federais (3.690.000) (27,1) 8.2.2 – Estaduais (2.700.000) (19,8) 8.2.3 – Municipais (200.000) (1,5) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (880.000) (6,5) 8.3.1 – Juros (220.000) (1,6) 8.3.2 – Aluguéis (60.000) (0,4) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (600.000) (4,5) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (4.110.000) (30,2) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (2.000.000) (14,7) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (2.110.000) (15,5) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 86 Exercício VII: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 7 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X7 % 1 - RECEITAS 5.050.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 5.010.000 99,2 1.2) Outras receitas (Desp. Não Operacional) 50.000 1,00 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (10.000) (0,2) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (810.000) (16,0) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (800.000) (15,8) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (10.000) (0,2) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 4.240.000 (84,0) 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (25.000) (0,5) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (25.000) (0,5) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 4.215.000 83,5 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 55.000 1,1 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 30.000 0,6 6.2) Receitas financeiras 25.000 0,5 6.3) Outras - - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 4.270.000 84,6 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 4.270.000 100 8.1) Pessoal (662.241) (15,5) 8.1.1 – Remuneração direta (150.000) (3,5) 8.1.2 – Benefícios (512.241) (12,0) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (1.837.630) (43,0) 8.2.1 – Federais (1.054.630) (24,7) 8.2.2 – Estaduais (722.000) (16,9) 8.2.3 – Municipais (61.000) (1,4) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (218.021) (5,2) 8.3.1 – Juros (2.000) (0,1) 8.3.2 – Aluguéis (6.000) (0,1) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (210.021) (4,9) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (1.552.108) (36,3) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (1.000.000) (23,4) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (552.108) (12,9) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 87 Exercício VIII: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 8 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X8 % 1 - RECEITAS 7.085.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 7.085.000 100 1.2) Outras receitas (Receita Não Operacional) 20.000 (0,3) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (20.000) (0,3) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (715.000) (10,1) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (700.000) (9,9) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (15.000) (0,2) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 6.370.000 89,9 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (35.000) (0,5) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (35.000) (0,5) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 6.335.000 89,4 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA 40.000 0,6 6.1) Resultado de equivalência patrimonial 10.000 0,1 6.2) Receitas financeiras 30.000 0,5 6.3) Outras - - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 6.375.000 90,0 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 6.375.000 100 8.1) Pessoal (901.041) (14,1) 8.1.1 – Remuneração direta (100.000) (1,5) 8.1.2 – Benefícios (801.041) (12,6) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (2.739.345) (43,0) 8.2.1 – Federais (1.642.345) (25,8) 8.2.2 – Estaduais (1.007.000) (15,8) 8.2.3 – Municipais (90.000) (1,4) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (388.430) (6,1) 8.3.1 – Juros (50.000) (0,8) 8.3.2 – Aluguéis (10.000) (0,2) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (328.430) (5,2) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (2.346.184) (36,8) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (1.200.000) (18,8) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (1.146.184) (18,0) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7. 88 Exercício IX: Modelo de DEMONSTRATIVO DE VALOR ADICIONADO GABARITO - MODELO I - DVA – EXERCÍCIO 9 - EMPRESAS EM GERAL DESCRIÇÃO 20X9 % 1 - RECEITAS 13.610.000 100 1.1) Vendas de Mercadorias, produtos e serviços, devolução e abatimento 13.850.000 101,8 1.2) Outras receitas (Despesa Não Operacional) (20.000) ()(0,1) 1.3) Receitas relativas à construção de ativos próprios - - 1.4) Provisão para créditos de liquidação duvidosa – Reversão / (Constituição) (220.000) (1,6) 2 - INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui os valores dos impostos – ICMS, IPI, PIS e COFINS) (2.150.000) (15,8) 2.1) Custos dos produtos, das mercadorias e dos serviços vendidos (2.000.000) (14,7) 2.2) Materiais, energia, serviços de terceiros e outros (150.000) (1,1) 2.3) Perda / Recuperação de valores ativos - - 2.4) Outras (especificar) - - 3 - VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2) 11.460.000 84,2 4 - DEPRECIAÇÃO, AMORTIZAÇÃO E EXAUSTÃO (350.000) (2,6) 4.1) Depreciação Amortização e Exaustão (350.000) (2,6) 5 - VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 11.110.000 81,6 6 - VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA (70.000) (0,5) 6.1) Resultado de equivalência patrimonial (200.000) (1,5) 6.2) Receitas financeiras 130.000 1,0 6.3) Outras - - 7 - VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6) 11.040.000 81,1 8 - DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO (*) 11.040.000 100 8.1) Pessoal (1.659.743) (15,0) 8.1.1 – Remuneração direta (350.000) (3,2) 8.1.2 – Benefícios (1.309.743) (11,8) 8.1.3 – F.G.T.S - - 8.2) Impostos, taxas e contribuições (4.643.688) (42,1) 8.2.1 – Federais (2.795.688) (25,2) 8.2.2 – Estaduais (1.558.000) (14,1) 8.2.3 – Municipais (290.000) (2,6) 8.3) Remuneração de capitais de terceiros (767.000) (6,9) 8.3.1 – Juros (150.000) (1,4) 8.3.2 – Aluguéis (80.000) (0,7) 8.3.3 – Outras (Debêntures) (537.000) (4,8) 8.4) Remuneração de Capitais Próprios (3.968.569) (35,9) 8.4.1 – Juros sobre o Capital Próprio - - 8.4.2 – Dividendos (1.500.000) (13,5) 8.4.3 – Lucros retidos / Prejuízo do exercício (2.469.569) (22,4) 8.4.4 – Participação dos não-controladores nos lucros retidos (só p/ consolidação) - - (*) O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7.